Business Intelligence: Entenda seu papel na indústria 4.0

O Business Intelligence (BI) tem se tornado uma ferramenta indispensável para as empresas que buscam obter vantagem competitiva no mercado. Através da coleta e análise de dados, o BI permite identificar tendências, otimizar processos e tomar decisões estratégicas baseadas em informações concretas.

Nesse contexto, o monitoramento de ativos desempenha um papel crucial ao fornecer dados precisos e em tempo real sobre o desempenho e a eficiência dos recursos da empresa.

A implementação de uma estratégia de BI eficaz requer não apenas ferramentas tecnológicas avançadas, mas também uma abordagem integrada que inclua o monitoramento contínuo e a análise detalhada dos ativos. Isso garante que as empresas possam reagir rapidamente a qualquer desvio de desempenho e otimizar seus processos de forma contínua.

Quer saber mais sobre como o Business Intelligence pode transformar a gestão da sua empresa e quais são as melhores práticas para implementar essa estratégia? Continue a leitura e descubra tudo o que você precisa saber para aproveitar ao máximo o potencial do BI.

Afinal, o que significa Business Intelligence?

Business Intelligence corresponde ao conjunto de ferramentas, e estratégias oriundas delas, que tratam um alto volume de dados, transformando-os em informações relevantes para uma empresa.

Na indústria 4.0, o BI tem sido aplicado em diversas frentes, sempre tendo como ponto em comum o pilar de melhoria contínua. Por meio da telemetria no maquinário, é possível:

  • coletar dados de performance das máquinas e enviar a ferramentas de BI, gerando relatórios em tempo real;
  • atuar de maneira preditiva, evitando a improdutividade não programada de equipamentos;
  • reduzir custos operacionais por meio da gestão inteligente.

Além disso, os sistemas de Business Intelligence também têm ampla aplicação quando pensamos em estudos de análise de competitividade do negócio e gestão de relacionamento com o cliente. Essas soluções permitem mapear cada interação do lead com a sua marca e proporcionar experiências personalizadas.

Na prática, isso ajuda a:

  • reduzir o seu CAC (Custo de Aquisição de Clientes);
  • melhorar o seu NPS (Net Promoter Score, ou Índice Líquido Promotor);
  • potencializar a sua taxa de aquisição, ativação e retenção.

Como usar o Business Intelligence na indústria 4.0?

Neste 2023, estamos vivenciando a chegada da tecnologia 5G, que deve ampliar e fortalecer o desenvolvimento de soluções IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas) na indústria 4.0. Esse cenário deve impulsionar a automação industrial e democratizar o acesso dessas soluções, fazendo com que cheguem a pequenas e médias empresas até o final desta década. Um movimento muito importante, mas que só vai alcançar o resultado esperado por meio do amadurecimento da indústria com o uso do Business Intelligence.

A seguir, veja um passo a passo com dicas para implementar o BI na sua operação.

Faça um diagnóstico operacional

Identifique os gargalos da sua operação e em quais áreas a implementação de BI se faz mais urgente. Geralmente, aquelas que demandam maior custo e que têm relação direta com a experiência do cliente tendem a ser prioridade.

Tenha as ferramentas adequadas

Para que uma dor operacional seja solucionada, é fundamental contar com os recursos ideais de acordo com as particularidades do seu negócio. Alguns exemplos de ferramentas que você pode usar na indústria:

  • Telemetria de maquinário;
  • Microsoft Power BI;
  • Knime;
  • Data Studio da Google;
  • Salesforce CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente).

A escolha de quais ferramentas usar, depende de diversos fatores, como o seu orçamento disponível. No entanto, vale destacar que essas ferramentas combinadas são potentes e proporcionam, inclusive, a automação do tratamento de dados. Isso reduz o custo com volume de contratações de profissionais de ciência de dados, por exemplo.

Fomente uma cultura Data Driven

Mais do que investir em transformação digital para a indústria 4.0, é fundamental que a sua empresa tenha uma cultura Data Driven (tomada de decisões baseada na análise de dados), com senso de Customer Centric (Cliente no Centro) e de melhoria contínua.

Por isso, é essencial ter uma estrutura de onboarding de colaboradores e de endomarketing para fortalecer a cultura corporativa da sua empresa. Além disso, é importante ministrar treinamentos e ter uma boa prática de feedback para preparar os sua equipe para um cenário guiado a dados e conectado às inovações.

Então, o que achou deste conteúdo? Ao longo deste post, vimos como o Business Intelligence acontece na indústria 4.0 e como colocar em prática na sua empresa. Esperamos que este material tenha sido útil para você.

Se você gostou do nosso artigo, fique por dentro do nosso LinkedIn para saber mais!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 1

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.