digitalização das empresas

Transformação digital x digitalização: você sabe qual a diferença?

Embora possam ser entendidas como sinônimos, transformação digital e digitalização são processos diferentes e por esse motivo levam também a diferentes resultados. Confira neste post!

Em um cenário em que o uso inteligente da tecnologia deixou de ser apenas uma vantagem competitiva e se tornou uma exigência do mercado, é natural que líderes e gestores tenham muitas dúvidas. Dentre elas, a diferença entre digitalização e transformação digital nas indústrias.

Tal dúvida é natural, pois os dois conceitos estão diretamente relacionados. A grande questão é que, sem compreender a transformação digital e a digitalização adequadamente, os líderes não serão capazes de aplicá-las, o que tende a causar um baixo desempenho e frustrações.

Pensando nisso, nós elaboramos este conteúdo com informações para esclarecer as suas dúvidas. Leia nosso artigo e descubra as diferenças entre digitalização das empresas e transformação digital na indústria!

Conceito de digitalização

Quanto mais ágeis e inteligentes forem esses processos, mais produtiva e competitiva será a indústria. É nessa situação que a digitalização nas empresas surge como uma solução relevante. Basicamente, essa estratégia consiste no uso da tecnologia para digitalizar processos, aumentando assim a sua eficiência.

Nesse contexto, o uso de tecnologias como o Big Data, a automação de processos e a Internet das Coisas, vitais para a implementação da indústria 4.0 e do conceito de fábrica inteligente, são indispensáveis.

Desse modo, a digitalização consiste na prática de usar a tecnologia para digitalizar processos, aumentando a sua eficiência.

O que é transformação digital nas indústrias

Embora teoricamente um processo digitalizado seja mais eficiente, na prática esse fato nem sempre está correto. Isso acontece porque, por mais importante que sejam os processos, eles existem para atender às demandas das pessoas. Se eles falharem em alcançar esse objetivo ou gerarem mais transtornos do que os processos não digitalizados, a sua atualização não foi bem-sucedida.

Nesse ponto, vemos a diferença entre transformação digital e digitalização. Mais do que apenas automatizar um processo, a transformação digital visa incluir todos os indivíduos relacionados a ele — o que pode incluir líderes, colaboradores e clientes — para descobrir uma maneira mais simples e intuitiva de se realizar determinadas funções ou de se atingir determinados objetivos.

À primeira vista, compreender essa diferença pode ser um pouco difícil. Então, vamos usar um exemplo para que você possa entender com mais facilidade.

Digamos que os gestores de uma indústria, interessados em elevar a produtividade do negócio, invistam em um software para automatizar a execução de algumas tarefas específicas. Isso sem envolver os funcionários que, de uma hora para outra, se viram forçados a usar uma tecnologia que não entendem.

Nesse novo cenário, mesmo com alguma capacitação, é natural que os colaboradores tenham muitas dúvidas e até mesmo que eles desconfiem da nova ferramenta. Tais situações tendem a levá-los a cometer mais erros e a gastar mais tempo na realização de suas tarefas, inviabilizando assim o ganho de produtividade que deveria ser alcançado.

Digitalização e transformação digital

Portanto, uma verdadeira transformação digital na indústria precisa envolver todos, desde os líderes até os colaboradores. Além disso, para que o processo seja bem-sucedido, ele precisa ter sempre como foco as pessoas que serão afetadas por ele.

Como implementar a transformação digital e a digitalização na indústria

Apesar das diferenças entre a transformação digital e a digitalização das empresas, o ideal é que os dois processos sejam pensados juntos. Esse cuidado é necessário para que os impactos gerados por eles sejam de fato positivos para a companhia.

Levando isso em consideração, separamos algumas sugestões para ajudar você a transformar digitalmente sua indústria. Confira!

Identifique os processos que devem ser transformados

Quando pensamos na transformação digital, a ideia de que todos os processos devem ser transformados ao mesmo tempo não é a melhor solução.

Isso ocorre porque, mesmo com todo o planejamento e engajamento das partes envolvidas, é natural que alguns erros ocorram até que a digitalização do processo em fim seja concluída. Se muitos processos forem atualizados ao mesmo tempo, vai ser difícil para os líderes acompanharem o desempenho entregue pelas mudanças.

Portanto, o ideal é que as indústrias foquem em transformar um processo por vez. Tomando esse cuidado, os responsáveis pela tarefa adquirem expertise em realizá-la. Isso sem mencionar o fato que os demais colaboradores vão se acostumando aos poucos com as mudanças, o que lhes permite ver suas vantagens e assim aceitá-las mais facilmente.

Procure a tecnologia mais alinhada a seus objetivos

Quando um técnico vai realizar serviços de manutenção em uma máquina, ele precisa escolher as ferramentas mais adequadas para lidar com a máquina em questão e com os problemas apresentados por elas.

A digitalização nas empresas tem esse aspecto em comum, pois cada processo demanda uma ferramenta — tecnologia — diferente para ser transformado. Voltando a usar o time de manutenção como um exemplo, digamos que os técnicos estejam procurando uma solução para observar mais de perto as condições de um equipamento, para que eles possam desempenhar suas tarefas de maneira mais estratégica.

Nessa situação, o uso de tecnologias como os sensores inteligentes, a Inteligência Artificial e o Big Data tende a ser uma ótima saída. Isso ocorre porque, por meio dessas ferramentas, os profissionais podem apurar, analisar e registrar dados em seus registros históricos de uma maneira rápida e intuitiva.

Logo, é primordial que a companhia sempre pesquise a solução mais aquedada, antes de contratar qualquer tecnologia.

Envolva toda a indústria

Embora o ideal seja que a indústria transforme digitalmente um processo por vez, de modo que apenas os colaboradores relacionados a ele serão afetados, é interessante que ela envolva todos os seus profissionais. Isso por meio da divulgação de informações, a respeito da implementação da digitalização, e da abertura de um canal para o esclarecimento de dúvidas.

Tal cuidado é importante porque ele prepara os demais profissionais para as futuras mudanças, de modo que, quando eles estiverem envolvidos de fato no processo, vão ser menos resistentes a elas.

Levando esses fatos em consideração, podemos dizer que essa atitude simples é capaz de impactar diretamente a cultura da indústria, além de torná-la mais transparente.

A transformação digital e a digitalização das empresas já são uma realidade. Portanto, é fundamental que as indústrias que pretendem se manter relevantes no mercado implementem esses processos.

Sua companhia está prepara para esta nova realidade? Faça um comentário e compartilhe conosco a sua opinião sobre este tema!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 1

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.