gestão de crise na indústria

Entenda como fazer a gestão de crise na indústria!

Embora momentos em que a economia vai mal não sejam tão incomuns, alguns eventos ocorrem de forma tão grave e abrupta que as companhias, que não estão devidamente preparadas, enfrentam grandes dificuldades para se adaptar. Nesse tipo de situação, um plano de gestão de crise na indústria faz toda a diferença.

Por meio dele, a empresa é capaz de implementar rapidamente medidas que otimizem sua recuperação. Além disso, a estrutura montada por esse tipo de plano, permite que a companhia seja gerida de um modo mais eficiente, evitando erros e prejuízos.

Recentemente, a chegada do Coronavírus, e das medidas de contenção necessárias para reduzir seus impactos negativos, criaram um grande desafio para empresas de todos os portes e áreas de atuação.

Você gostaria de entender como lidar com esse problema? Leia o artigo e descubra como implementar a gestão de crise em sua indústria!

Panorama da crise

Embora a Covid-19, doença acarretada pelo Coronavírus, seja mais perigosa para pessoas em grupos de risco, seu elevado índice de contaminação exige que medidas que contenção sejam aplicadas, para que o seu ritmo de propagação seja reduzido. Esse cuidado se faz necessário para que os hospitais e centros de saúde sejam capazes de suportar a demanda de internações.

Mesmo que as medidas de isolamento sejam necessárias, é inegável que elas impactam negativamente a economia. Sem poder trabalhar, muitas pessoas têm seus rendimentos reduzidos. Além disso, com a operação parada, um grande número de empresas não é capaz de manter seus colaboradores, o que aumenta o número de desempregados.

A combinação desses fatores abre espaço para uma redução drástica no consumo, um evento que, somado a problemas como a desvalorização do Real e a escassez de crédito, cria um cenário desafiador para a indústria, principalmente em países emergentes, como o Brasil.

Gestão estratégica

Frente às dificuldades causadas pelo Coronavírus e pelo Covid-19, é necessário que indústrias administrem seus recursos de forma mais inteligente. Uma tarefa que obviamente exige o auxílio de pessoas experientes e capacitadas.

Neste contexto, a implementação de um comitê para gestão de crise tende a ser uma boa opção. Cabe a essa equipe, que deve ser formado por gestores, técnicos e por especialistas em gestão, a tarefa de elaborar estratégias para otimizar a operação do negócio, reduzindo seus custos e elevando seus índices de produtividade.

É válido ressaltar que, para que esse grupo de profissionais de fato seja bem-sucedido, é necessário que eles contem com experiências e capacitações que se complementam. É possível, por exemplo, que uma pessoa muito focada no fator financeiro, sem conhecimentos mais técnicos a respeito da operação de máquinas e equipamentos industriais, menospreze práticas importantes como a manutenção.

Por essa razão, é importante que especialistas em questões mais técnicas façam parte da tomada de decisões, pois provavelmente, as ações devem contemplar:

  • Buscar novos fornecedores
  • Fortalecer parcerias com outras empresas
  • Renegociar contratos, preços e condições de pagamento
  • Implementar novas ferramentas e canais de atendimento ao cliente
  • Organizar o funcionamento do trabalho remoto, quando possível
  • Investimentos em ações de marketing
  • Planejar estrategicamente produção e logística
  • Analisar a possibilidade de explorar novos públicos e mercados

A verdade é que o conjunto de dados, que pode ser apurado com ações da equipe de gestão de crise, abre espaço para uma série de benefício para indústria. Entre esses benefícios, podemos citar os seguintes:

Alocação inteligente de pessoal

Com as medidas de isolamento social, boa parte das pessoas está impedida de sair. Mesmo com a tendência de que a norma seja flexibilizada em algumas regiões, muitos colaboradores ainda ficarão impedidos de trabalhar. Além disso, a indústria vai precisar implementar soluções para reduzir o contato entre os trabalhadores em suas dependências.

Neste cenário, em que a mão de obra é escassa, os dados apurados por meio da equipe de gestão de crise podem indicar as áreas em que a força de trabalho se faz mais necessária, de modo que os gestores podem dar preferência a essas áreas quando realocarem o pessoal.

O mesmo conceito pode ser usado para definir quais funcionários devem voltar a ativa primeiro. É interessante que aqueles que são responsáveis pelas tarefas mais críticas tenham prioridade nesse momento.

Redução de custos

Em um cenário de crise, em que as fontes de crédito e capital estão ainda mais escassas, o time de gestão deve administrar os recursos da empresa de um modo mais inteligente, cortando gastos desnecessários.

O problema é que identificar os custos importantes daqueles que podem ser eliminados, ou ao menos adiados, não é uma tarefa simples. Por meio de informações claras e confiáveis, porém, esse processo se torna mais fácil e rápido.

Quando pensamos em gastos industriais, um outro problema sério são os custos ocultos. Pequenos gastos desnecessários que, envolvido na operação diária do negócio, podem passar despercebidos por longos períodos. O que obviamente é prejudicial para o caixa da empresa, principalmente em um momento de crise.

Se o time de gestão tem acesso a informações completas a respeito da movimentação financeira da empresa de todas as etapas que fazem parte de seus processos produtivos, identificar essas falhas e gastos desnecessários se torna algo muito mais simples. O que contribui para que os recursos da indústria sejam usados de modo mais inteligente.

Confira nosso post com dicas contábeis para a retomada dos negócios na pandemia.

Planejamento de manutenção

Por fim, é preciso ressaltar que, sem máquinas e equipamentos, uma indústria simplesmente não pode operar, de modo que esses dispositivos precisam receber a devida atenção. Nesse contexto, os processos de planejamento de produção se mostram indispensáveis.

Isso acontece porque, caso as máquinas de uma fábrica não sejam devidamente acompanhadas pelo time de técnicos, o desgaste de suas peças e componentes tende a se acumular, o que pode resultar em prejuízos muito mais severos e na completa paralisação da máquina em questão.

Por meio de soluções em monitoramento, a manutenção preditiva, muito mais completa e eficiente do que outros tipos de manutenção, como a corretiva, pode ser implementada. O que abre espaço para que todo o parque operacional da indústria seja otimizado, o que obviamente se refletirá de modo positivo em seus resultados.

O monitoramento de ativos permite até mesmo que os técnicos da companhia identifiquem as máquinas e equipamentos mais sensíveis, que estão mais sujeitas a falhas ou quebras, de modo que eles podem dar mais atenção a elas.

Soluções em automação industrial

É interessante ressaltar que a tecnologia oferece uma série de ferramentas para problemas, como os causados pelo isolamento social às indústrias. Além dos dispositivos e softwares que viabilizam o home office, a tecnologia ainda oferece soluções em inteligência artificial e automação industrial. Por meio de conceitos como esses, uma empresa pode operar com menos colaboradores, o que neste momento pode ser visto como um grande benefício.

Em um cenário de crise, é necessário que os gestores de uma indústria pensem de modo estratégico para encontrar soluções que lhes permitam reduzir os prejuízos do negócio e garantir o seu crescimento. Uma tarefa que será feita mais facilmente com o auxílio de especialistas e com o uso de informações confiáveis para basear cada decisão estratégica.

Agora que você sabe quais medidas tomar para implementar a gestão de crise na indústria, que tal aprender mais sobre os processos de manutenção? Leia o artigo e descubra como reduzir os custos dessa atividade!

Banner Serviços Acoplast

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 4

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.