controle de estoque

Entenda a importância do controle de estoque na indústria

Por mais capacitado que seja o comprador técnico de uma indústria, e por mais eficientes que sejam suas estratégias, se ele não der importância ao controle de estoque, dificilmente terá êxito em sua tarefa de dirigir o negócio. Isso ocorre porque os itens alocados nos setores de armazenamento são ativos e, quando não são devidamente administrados, tendem a se perder, o que gera uma série de prejuízos.

É válido ressaltar, porém, que administrar de forma correta o estoque não é uma tarefa tão simples, principalmente quando o número de itens armazenados em suas dependências é elevado.

Pensando nesse problema, resolvemos elaborar este conteúdo com informações relevantes sobre o tema.

Leia o artigo e entenda qual é a importância do controle de estoque e descubra como implementá-lo de forma eficiente na sua empresa!

Afinal, qual é a importância do controle de estoque para minha indústria?

Quando olhamos para o estoque de uma empresa, é fácil pensar nos custos para adquirir cada um dos itens armazenados e para guardá-los, e acreditar que essa simples atitude é o bastante. Infelizmente, esse pensamento está equivocado, ao menos em parte.

Sim, os custos para construir e manter um estoque são importantes, e precisam ser computados. Mas, para que o estoque de fato seja bem administrado, é necessário que os itens em seu inventário sejam considerados como ativos, que de fato fazem parte do capital da empresa. Ou seja, eles devem ser contados como recursos.

Por esse motivo, quando os itens armazenados no estoque ficam um longo período sem serem utilizados, eles representam uma parcela importante de recursos que está inativa. Cabe, então, ao comprador ponderar se esse capital não seria mais útil alocado em uma área diferente.

Do mesmo modo, quando a quantidade de ativos é insuficiente, a indústria pode ser forçada a fazer uma compra inesperada, e assim se deparar com preços mais elevados do que gostaria.

Uma gestão eficiente de estoque precisa manter armazenados itens suficientes para fomentar toda a sua operação, sem exageros, para que o capital da empresa não fique preso em insumos e peças que não têm previsão de quando serão utilizados.

Embora manter esse delicado equilíbrio não seja uma tarefa simples, quando ele é alcançado, o modo como a indústria lida com seus recursos é otimizado, o que reflete em um aumento de seus rendimentos e da satisfação dos seus clientes.

Na prática, como o controle de estoque pode beneficiar minha indústria?

Agora que você já sabe qual é a importância do controle de estoque, é hora de entender mais a fundo as vantagens, auferidas por uma gestão eficiente. Continue a leitura e conheça alguns de seus principais benefícios!

Eliminação de desperdícios

Quando a gestão de uma indústria não tem um controle efetivo sob seu estoque, é difícil garantir que os itens, armazenados nele, estão sendo mantidos de modo adequado. Uma falha pode ocasionar problemas sérios, como a quebra ou vencimento do bem em questão. Além disso, sem um sistema organizado existe a possibilidade de que alguns ativos tenham sido furtados.

Por meio de um método de controle, porém, o comprador tem uma visão clara de todos os itens armazenados, assim como sua quantidade e prazo de validade, quando há algum. Essa vasta gama de informações permite também que os itens sejam alocados do modo mais adequado possível, para que avarias sejam evitadas.

Indicadores de demanda

O fluxo de movimentação de um estoque pode ser considerado um indicativo importante, afinal, ele aponta quais as mercadorias são mais utilizadas e quais estão sempre sobrando, o que reflete quais dos itens produzidos pela empresa têm maior ou menor demanda.

Analisando essa demanda com mais atenção, a equipe de gestão é capaz de descobrir até mesmo os períodos do ano em que a procura por produto é maior, o que abre espaço para que, nesse período, o item em questão seja produzido em maior quantidade.

Garantia de insumos para produção

Por mais eficientes que sejam as máquinas utilizadas por uma indústria, elas necessitam de uma série de fatores para operar. Entre eles, os insumos podem ser considerados fundamentais, afinal é simplesmente impossível criar um produto sem eles.

Por esse motivo, contar com um estoque bem organizado acaba servindo como uma garantia de que a indústria não vai precisar paralisar sua operação por falta de insumos.

Otimização de manutenção

Outro requisito indispensável para que uma máquina funcione corretamente são as peças e os componentes que a compõe. Uma vez que esses itens precisam ser trocados com certa frequência, mantê-los em estoque é uma atitude inteligente.

Por meio de uma administração eficiente, a equipe de gestão pode identificar quais são as peças que precisam ser trocadas com maior frequência, o que garante que a quantidade armazenada é o suficiente para todas as necessidades da indústria.

Também é possível organizá-las de um modo que a equipe de manutenção industrial tenha acesso fácil a elas, o que lhes permite realizar suas tarefas com maior facilidade e rapidez.

Eliminação da reação em cadeia

A falta de materiais para produzir ou a falta de produtos para entregar aos clientes são falhas graves que podem acontecer sem um bom controle de estoque, o que afeta os lucros da empresa e a sua reputação no mercado.

Um estoque mal gerenciado causa uma reação em cadeia na dinâmica da empresa, o que compromete tanto o desempenho dos trabalhadores como o retorno financeiro.

Integração com a gestão financeira

O controle de estoque está diretamente ligado com a gestão financeira das empresas, pois dele dependem as entradas e saídas de mercadorias, além de indicar a redução ou aumento das demandas e direcionar a produção. Por esse motivo, é muito comum que esses dois setores estejam integrados, o que facilita o trabalho da gestão.

Otimização do gerenciamento da rotina

Grande parte da indústria é diretamente influenciada pelo controle de estoque, principalmente os setores de vendas, financeiro e marketing. Quando as informações são repassadas em tempo real e de forma correta, o controle do armazenamento facilita a rotina desses setores, trazendo maior produtividade e a construção de planejamentos mais consistentes.

Garante excelência em atendimento aos clientes

Um dos grandes objetivos das empresas é oferecer uma boa experiência aos clientes. Por esse motivo, é fundamental evitar que o produto desejado pelo consumidor acabe, o que pode ser garantido por meio de um controle de estoque eficiente. Com ele, é possível saber exatamente os produtos disponíveis na empresa e proporcionar um atendimento de excelência.

Como implementar o controle de estoque em minha indústria?

Agora que você entende a importância do controle de estoque e como ele pode beneficiar a sua indústria, é hora de descobrir como implementá-lo. Continue a leitura e entenda como obter sucesso nessa tarefa!

Registre todos os produtos em estoque

Embora essa informação pareça óbvia, ela é fundamental. Afinal, é impossível controlar o estoque sem ter à disposição as informações completas a respeito de sua composição.

Mais do que conter informações a respeito da quantidade de um item, esse registro deve apresentar dados como número de registro, local em que está alocado e sua data de entrada e saída do estoque.

Organize o estoque de modo adequado

A partir dos dados apurados por meio do registro dos itens no estoque, eles podem ser organizados de acordo com suas especificações. Por exemplo, é possível separar um espaço para bens de menor durabilidade, que podem sofrer avarias mais facilmente.

É importante que essa organização aloque os itens mais utilizados mais próximos da entrada, para que eles possam ser acessados rapidamente.

O registro também fornece ao comprador uma visão clara do fluxo de movimentações dos itens estocados, o que permite que ele faça compras de modo adequado, garantindo os insumos para produção, sem exageros, para que os recursos da indústria não fiquem paralisados.

Crie uma rotina em sua empresa

As empresas que não estabelecem o controle de estoque como um hábito frequente e padronizado correm o risco de esquecerem registros importantes, referentes a movimentações em seu estoque. Para evitar que isso aconteça, realize esse processo diariamente ou semanalmente. Dessa forma, fica muito mais fácil perceber e evitar a falta ou excedente de materiais.

Tenha o registro dos seus produtos

O registro de produtos pode ser feito por meio de uma ficha de controle de estoque. Isso não quer dizer somente saber a quantidade de cada item, mas também ter informações e detalhes importantes sobre eles.

As características mais relevantes variam de acordo com o produto, mas as mais comuns são as unidades de medida, a localização deles dentro da empresa, a data e as quantidades de entrada e saída no armazenamento, além dos custos de aquisição e de venda.

Esses dados auxiliam o processo de contagem, o de solicitação de novos materiais aos fornecedores e a contabilização dos lucros das vendas.

Defina o estoque mínimo e o estoque máximo

Tanto o excesso como a falta de produtos no estoque podem significar problemas para uma empresa. Sendo assim, é fundamental estabelecer a quantidade mínima de cada material, para evitar a falta de algum deles e atender toda a demanda. Já a quantidade máxima impede que os produtos fiquem parados no mercado.

Utilize a tecnologia a seu favor

Os avanços da tecnologia têm tornado a vida humana mais simples em diversas áreas. Por isso, é interessante ressaltar que seus benefícios também se aplicam na administração de estoque. Por meio de um software ou aplicativo, o registro de informações tende a se tornar muito mais preciso e completo, abrindo espaço até mesmo para que os bens armazenados sejam monitorados em tempo real.

Por fim, é importante considerar que uma boa relação com fornecedores permite que a indústria tenha um acesso mais simples e menos burocrático aos insumos e equipamentos que necessita, o que ajuda a manter o controle estoque.

Nesse contexto, contar com um fornecedor de componentes industriais de alta qualidade faz toda a diferença na produção, afinal, esses itens são fundamentais para a operação das máquinas e equipamentos.

Agora que você viu qual é a importância do controle de estoque, confira como fazer a previsão de demanda para a sua produção!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 8

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.