A inteligência preditiva

Entenda o que é inteligência preditiva e como funciona

A Inteligência preditiva pode ser descrita como a análise de padrões de comportamento para sinalizar uma tendência no futuro. Por meio de uma série de ferramentas tecnológicas, é possível apurar, registrar e analisar uma informações em busca de insights relevantes para a tomada de decisões estratégicas.

Em um mercado altamente competitivo, o modo como as indústrias administram os recursos — que estão à sua disposição — impacta diretamente seus resultados. As companhias que falharem nesse requisito tendem a ficar para trás. É nesse contexto que a inteligência preditiva surge como uma ferramenta indispensável.

corrida entre empresários - diferencial competitivo

Isso ocorre porque, por meio dela, os líderes e gestores podem compreender mais a fundo tanto a indústria — administrada por eles — quanto o mercado em que ela atua, o que lhes permite criar estratégias mais eficientes, melhorando seus resultados.

Levando esses fatos em consideração, é fácil perceber a importância dessa tecnologia. Leia o artigo e descubra como a inteligência preditiva pode otimizar a operação de sua indústria!

O que é inteligência preditiva?

Com o advento da tecnologia e das redes sociais, a maior parte das pessoas já adquiriu uma certa compreensão a respeito dos dados e do modo como eles podem ser utilizados para mapear comportamentos.

A inteligência preditiva pode ser descrita como uma solução que utiliza esse conceito. Por meio de uma série de ferramentas tecnológicas, ela apura, registra e analisa uma informações em busca de insights relevantes.

Por meio da tecnologia, empresários podem, por exemplo, compreender as demandas do mercado em que atuam e assim preparar as suas companhias para atendê-las.

Como funciona essa tecnologia?

É importante ressaltar que os dados — utilizados na análise preditiva — são oriundos de diversas fontes, numerosos e pouco intuitivos. Essas características tornam a sua verificação complexa e praticamente inviável para um ser humano. Por essa razão, a implementação da tecnologia exige que a indústria invista em soluções em Inteligência Artificial e Machine Learning, indispensáveis quando pensamos em Big Data.

Além disso, uma vez que a inteligência preditiva lida com um enorme volume de informações, a empresa precisa contar com um espaço seguro para armazená-las. Nesse contexto, os serviços de Armazenamento e Computação em Nuvem costumam ser a opção mais eficiente. Isso porque, ao recorrer a esses serviços, a indústria tem acesso ao suporte de uma empresa especializada na gestão de dados e não precisa fazer grandes investimentos em infraestrutura e profissionais de TI.

Por fim, a companhia precisa capacitar seus profissionais para lidar com a análise e com o uso de dados. Um cuidado fundamental para que eles de fato sejam capazes de usar as informações apuradas de maneira inteligente.

À primeira vista, todo esse processo aparenta ser muito complexo, mas ele é capaz de acarretar uma série de vantagens para a indústria. Confira alguns exemplos!

Aumento da participação no mercado

Gestores e empresários bem-sucedidos entendem bem que, para um negócio crescer, ele precisa ter um bom atendimento e oferecer produtos de qualidade. Em um mercado cada vez mais competitivo, as soluções entregues pelas empresas precisam ser personalizadas e eficientes — uma tarefa que exige um aprimoramento continuo por parte das companhias.

Quando a inteligência preditiva é usada de maneira correta, porém, os líderes e gestores se tornam capazes de prever as demandas de seus clientes com base nos dados coletados anteriormente, o que lhes permite prestar um serviço alinhado as suas necessidades.

Ao oferecer uma solução mais completa a seus clientes, é natural que a indústria cresça mais rapidamente do que seus concorrentes.

Segurança da informação

É necessário que os gestores compreendam que, assim como a segurança na indústria, a proteção de dados é de suma importância. Afinal, o vazamento ou a corrupção de informações podem causar prejuízos para a companhia.

Por meio da análise de dados, porém, ameaças e atividades suspeitas nas redes e servidores da empresa podem ser identificadas com maior facilidade. Isso cria condições para o setor de TI aja de maneira estratégia, garantindo assim a proteção dos dados da indústria.

Como a inteligência preditiva pode ser integrada a uma indústria?

Levando em consideração as características da análise preditiva, é fácil chegar à conclusão de que ela é uma ferramenta extremamente útil para a operação de uma companhia. Continue a leitura e conheça outras áreas de uma indústria que podem se beneficiar da tecnologia!

Uso inteligente de recursos

Não é um exagero alegar que o maquinário é um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma indústria. Afinal, sem ele, a fabricação de diversos itens seria inviável. Por essa razão, é necessário que ele receba os devidos cuidados, o que tende a se tornar mais simples graças à inteligência preditiva.

Isso ocorre porque, ao analisar todos os dados relacionados à operação de um equipamento industrial, os técnicos podem prever mais facilmente possíveis falhas e defeitos, o que lhes permite implementar a chamada manutenção preditiva.

Por meio da análise de dados, os técnicos também podem observar de maneira precisa o funcionamento de uma máquina e assim identificar as melhores práticas e condições para que ela opere, aumentando sua vida útil e a de seus componentes.

Otimização da mão de obra

Independentemente do porte ou da área de atuação da indústria, a tarefa de gerenciar as atividades dos colaboradores sempre é complexa. Isso ocorre porque por mais engajados e capacitados que sejam os profissionais, pequenos momentos de distração podem fazer com que eles se tornem menos produtivos. Distrações assim também tendem a aumentar os riscos aos quais os colaboradores estão sujeitos.

Analisando os dados relacionados à performance dos trabalhadores da indústria, o time de gestão é capaz de identificar uma série de padrões, o que lhe permite, em parceria com o setor de recursos humanos, implementar soluções para elevar tanto a segurança quanto o desempenho dos profissionais.

É importante ressaltar que, quando combinada a outras tecnologias, ela tende a se tornar ainda mais eficiente. Por meio da combinação da inteligência preditiva com a automação de processos — por exemplo — a indústria consegue implementar o conceito de fábrica inteligente.

Neste cenário, o maquinário industrial passa a operar de maneira autônoma e os colaboradores são alocados apenas em tarefas estratégicas, como no monitoramento dos indicadores apurados pelo sistema, o que eleva significativamente os níveis de produtividade e eficiência da indústria, tornando-a altamente competitiva.

Agora que você sabe o que é a inteligência preditiva e conhece algumas de suas principais vantagens, compartilhe o artigo em suas redes sociais e divida este conhecimento com seus amigos!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 1

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.