check list manutencao equipamentos

Manutenção de equipamentos: como fazer um checklist completo

O checklist de manutenção é a verificação de pontos primordiais na rotina dos equipamentos, levantando eventuais problemas e consequentemente prevenindo riscos e gastos desnecessários.

Simplificadamente, trata-se dos itens que devem ser checados, reparados e analisados nos equipamentos utilizados em uma operação.

Independente do segmento, realizar a manutenção preventiva dos equipamentos diminui o risco de gastos e auxilia na otimização dos processos.

Além disso, a manutenção periódica diminui a possibilidade de consertos emergenciais, como a interrupção do funcionamento da máquina e consequentemente, a perda da produção.

Neste artigo, daremos algumas dicas de manutenção preventiva e como você pode introduzi-la no seu negócio. Vamos lá?

Manutenção preventiva? O que é?

A manutenção preventiva consiste em uma ação planejada que foca na revisão, no controle e no monitoramento dos equipamentos periodicamente. É dessa forma que se reduz possíveis falhas.

Em outras palavras, não são ações realizadas no surgimento do problema, mas sim, antes que ele possa aparecer – claro, de forma efetiva e bem definida.

Esse processo exige uma parada no funcionamento da produção, visto que para realizar a manutenção, a maiorias das máquinas não podem estar em operação.

Por essa razão, o processo deve ser planejado para que a organização não perca a produtividade, além da garantia da melhoria dessas máquinas.

Implementação da manutenção preventiva

Já pensou na possibilidade de melhorar o desempenho dos seus equipamentos em todos os aspectos? Pois é, a manutenção preventiva evita problemas mecânicos, hidráulicos ou técnicos, além de otimizar o consumo de energia e melhorar o desempenho das máquinas.

Embora a manutenção preventiva não impeça que possíveis falhas possam acontecer, ela reduz esses riscos.

Para adotar essa prática ao seu negócio vamos te mostrar 5 pontos essenciais para você utilizá-la!

Pontos essenciais de manutenção preventiva

Sabemos que pesquisa e sugestões são aspectos importantíssimos antes de implantar algo ao negócio, né? Por isso, antes de adotar a prática faça um levantamento de todos os equipamentos da linha de produção. Além disso, separe as máquinas por nível de importância, isso vai te auxiliar quanto às prioridades.

Esse é o primeiro passo para o seu checklist completo. Vamos ver os outros?

Realize o controle periodicamente

Manutenção periodicamente assegura o uso do equipamento, aumentando o seu desempenho e eficácia. Além disso, o controle periódico pode indicar pontos de desgaste mais facilmente.

Investindo em manutenção periódica você diminui os custos do uso emergencial – que é consideravelmente alto.

Com a realização periódica você identifica possíveis danos em equipamentos e estruturas, como a de tendas para evento, por exemplo, evitando a possibilidade de desestruturar e pausar o funcionamento da máquina ou estrutura.

Registre informações sobre os equipamentos

Registrando cada incidente ou mal funcionamento das máquinas, você poderá constituir uma lista de dados sobre o período de utilização do aparelho e entender o que precisa ser alterado.

Um exemplo dessa ação no cotidiano: há uma nota com informações sobre a última blindagem de carros feita no seu veículo e com isso você poderá verificar em quanto tempo será necessário fazer um novo reparo.

Com essas informações levantadas, será possível diagnosticar a máquina corretamente, na sua indústria, além de garantir uma melhor atuação.

Treine os funcionários

Oriente e invista no treinamento dos seus funcionários. Faça com que eles entendam a importância do controle da manutenção. Essa ação é uma característica muito importante do serviço de manutenção autônoma.

Um exemplo dessa ação é quando, a película de controle solar da sua empresa mostra algum dano ou irregularidade. Caso haja um funcionário apto e treinado, ele mesmo poderá corrigir essas anormalidades.

Assim, eles poderão identificar possíveis falhas e anormalidades no uso do equipamento, logo, comunicando aos seus gestores.

Faça um checklist

Faça um bom checklist de manutenção, isso pode garantir aspectos a serem observados durante uma revisão, evitando que as alterações não tenham resultado.

Essa tarefa visa constatar as condições operacionais do equipamento, antes ou após o seu uso, buscando identificar a raiz de possíveis falhas e quebras que podem ocorrer.

Concluindo

E você? Achou que essas informações sobre o checklist dos seus equipamentos foram úteis? Ainda posso te convencer!

Um bom checklist demanda tempo e experiência. Com um bom treinamento você e sua equipe poderão observar quais pontos devem ser modificados e quais não precisam fazer parte da sua revisão.

Para isso, é importante contar com o suporte de uma empresa especializada para criar um plano de manutenção mais eficiente para sua empresa.

Você gostaria de contar com o apoio de uma empresa altamente especializada, conhecida no mercado pela qualidade de seus produtos e serviços, para otimizar a manutenção em sua indústria? Entre em contato conosco e descubra as soluções da Acoplast Brasil.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 4

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.