motor industrial

Motor industrial: entenda o que é e como funciona

O motor industrial se encaixa em diferentes necessidades e pode ser um recurso muito interessante quando não existe a possibilidade de usar energia elétrica. Assim, além de vencer limitações ocasionadas pelo fornecimento de eletricidade, ainda é possível potencializar os resultados em situações de sobrecarga.

Como funciona um motor

Tudo depende da escolha de equipamentos e peças de qualidade, que façam a diferença na segurança das operações. Para saber exatamente como o motor industrial funciona e suas principais aplicações, confira este conteúdo.

Entenda o que é o motor industrial

Antes de mais nada, é importante destacar que os motores industriais foram desenvolvidos para oferecer uma alternativa ao uso de motores elétricos. Na prática, sua principal forma de uso é em projetos em que os motores elétricos não são uma opção devido às limitações relacionadas à eletricidade como fonte de energia ou até mesmo pelas particularidades de cada projeto.

Contra as paradas da operação, esse tipo de motor costuma ser muito interessante por oferecer mais garantias aos gestores, já que não dependem de energia elétrica para funcionar. Então, de acordo com o segmento de atuação e as aplicações necessárias, o motor industrial deve ser considerado como uma opção bastante vantajosa para agregar em qualidade e previsibilidade no planejamento.

Falhas por fatores externos

Outro ponto importante que vale ser ressaltado é que em determinadas situações, como quando é necessário bombear água e fazer a transferência entre dois pontos, se acontecer uma falha na rede elétrica utilizada, todo o processo será prejudicado e esse imprevisto traz uma série de custos adicionais.

Já o motor industrial funciona movido a diesel ou a gás, e isso elimina as chances de falhas na rede elétrica prejudicarem seu funcionamento. No fim das contas, toda a qualidade da operação depende exclusivamente do consumo. No caso do transporte de barcos e lanchas, por exemplo, os motores industriais também costumam ter bastante utilidade.

Como precisa de alta potência para transportar cargas grandes, como barcos, o motor industrial oferece a segurança necessária para concluir a operação sem passar por imprevistos relacionados aos fatores externos. Além disso, eles podem ser usados para a propulsão dos veículos terrestres que são classificados como especiais.

Conheça suas principais funcionalidades

Diante das diferentes necessidades nas operações de uma fábrica, é responsabilidade do comprador da indústria, da equipe de manutenção e do gestor do setor avaliarem qual o tipo de dispositivo é o mais indicado para a operação. Tudo isso com base no histórico de paradas, no tipo de produção realizada, nos objetivos traçados e no plano B contra imprevistos.

Dessa forma, fica mais simples definir de forma personalizada se as funcionalidades do motor industrial são realmente a melhor opção de acordo com as expectativas de sua indústria. Entre as principais, estão gerar energia elétrica, acionar uma bomba e propelir um sistema de ventilação.

Além disso, também se encaixam muito bem em situações em que é preciso mover terra, defender fronteiras, transportar navios de grande porte, colher safras, entre outros. O grande diferencial é compreender que são equipamentos especialmente desenvolvidos para suportar situações extremas.

Desempenho do motor

Como falamos acima, a geração de energia é uma das principais funcionalidades do motor industrial. As falhas de energia em operações da indústria podem fazer com que seus prazos não sejam cumpridos, os custos fiquem cada vez mais altos e, além de tudo, a imagem com os clientes seja comprometida.

Afinal, negociar com uma empresa que não oferece garantias de fornecimento é uma questão bastante complicada para solucionar. Ao colocar na balança experiências positivas e negativas, os prazos certamente contam muitos pontos no momento de tomar uma decisão de compra.

O melhor caminho para evitar que isso aconteça, caso esteja dentro da realidade de produção do negócio, é contar com a confiança proporcionada pelo motor industrial que, além de tudo isso, ainda depende de manutenção mínima.

As alternativas disponíveis no mercado também são propostas interessantes para evitar interromper operações de navios de patrulhamento marítimo, por exemplo. Dentro desse contexto, o baixo desempenho de um motor interfere diretamente no desempenho e traz diversos outros riscos.

Aprenda a escolher o melhor tipo de motor industrial

Escolher o motor ideal para o seu projeto deve ir além de suas características. Dentro da realidade das empresas, no transporte de carga, por exemplo, acionar recursos com tecnologias específicas que se complementam ao funcionamento do motor pode ser um diferencial e tanto.

Antes de definir o motor adequado, é preciso considerar algumas questões. São elas: a relação de peso e potência otimizada, os custos de manutenção, a possibilidade de redução no consumo de combustível e o prolongamento da vida útil.

Fornecedor de confiança

Outro ponto é a necessidade de escolher opções de fornecedores que contem com uma rede abrangente de assistência e tragam soluções personalizadas conforme o andamento do projeto. Uma boa disponibilidade de peças e a alta durabilidade são indispensáveis.

A combinação de boa performance e qualidade chama a atenção e deve ser acompanhada das recomendações necessárias para que a indústria tenha todo o cuidado necessário de segurança na utilização.

Dentro do sistema de necessidades das operações, adotar uma manutenção preditiva se transforma em uma medida de reforço combinada com a boa funcionalidade do motor industrial. O gerenciamento da transmissão mecânica de modo inteligente é decisivo para reduzir os custos operacionais, definir a frequência de reposição com agilidade e eficiência, e entender melhor sua planta industrial.

Vale destacar que substituições sempre acabam sendo mais complexas e caras do que apostar na prevenção. Ainda mais no caso dos motores industriais, que apresentam mais potência e torque do que os modelos considerados convencionais na mesma categoria de operação.

Pronto! Agora ficou claro como funciona um motor industrial e quais são as suas vantagens. O mais importante aqui é alinhar as necessidades de sua operação com opções que tragam mais eficiência e segurança de acordo com os resultados esperados. Tudo isso com o acompanhamento diferenciado de um fornecedor com excelência de mercado e soluções personalizadas para cada situação.

Gostou das informações do artigo? Então, leia também sobre como funciona a manutenção em motorredutores.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 0 / 5. Nº de avaliações: 0

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados