o que é remanufatura

O que é remanufatura e como funciona esse processo na indústria?

Na indústria, excelência e qualidade devem ser dois pilares na busca pela alta performance. Muitas vezes, os custos operacionais são os principais inimigos do negócio.

Nesse contexto, entender o que é remanufatura pode contribuir para ter insights de redução de custos. Além disso, esse também pode ser um segmento de atuação industrial: oferecer peças remanufaturadas para outros mercados.

A remanufatura é um processo considerado ecologicamente correto em que há o desmonte completo de uma peça e o reaproveitamento das suas partes que estão em boas condições.

Neste artigo, você confere a seguir mais detalhes sobre o que é remanufatura e como funciona. Aproveite a leitura!

Remanufatura versus recondicionamento

É comum achar que os conceitos de remanufatura e recondicionamento de peças são sinônimos. No entanto, apesar de serem procedimentos parecidos, não são iguais. Na prática, as peças remanufaturadas têm mais critério em qualidade quando comparadas as recondicionadas.

Isso porque elas são realizadas conforme o padrão de qualidade exigido pela indústria responsável pelo produto. Geralmente, são feitas pela própria marca ou por empresas parceiras, ou seja, que são autorizadas.

Já as peças recondicionadas não são realizadas pelas autorizadas ou pela própria marca. Elas são realizadas por terceiros sem que haja evidência de um rigoroso processo de qualidade que garanta que o produto fique igual a um novo.

Além desses dois conceitos, temos também as peças reparadas. Elas são aquelas que seus itens defeituosos passaram por um processo de manutenção, recuperação.

Por se tratarem de itens que já apresentaram defeito anteriormente e não foram trocados por novos, apenas consertados, tendem a ter um menor período de vida útil.

Vantagens das peças remanufaturadas

Além de ter um tempo de vida útil maior se comparadas com as peças recondicionadas, as remanufaturadas refletem positivamente em uma redução de custos sem perda de qualidade e eficiência. Dependendo do segmento, um produto com peças remanufaturadas tende a ser 50% mais barato que um novo.

Outro fator importante é que esse procedimento atende aos conceitos de gestão sustentável de produção. Isso é possível já que componentes em bom estado são aproveitados, fazendo com que o ciclo produtivo seja mais curto, com uso inteligente dos recursos e com menor exploração de matérias-primas.

Etapas da remanufatura de peças

A remanufatura de peças corresponde ao procedimento de desmontar completamente um produto, preservar as peças em bom estado e trocar itens estragados por novos. Assim, para que esse processo seja realizado, é preciso seguir um cronograma operacional.

Na prática, o passo a passo acontece na seguinte ordem:

  • desmontagem da peça original;
  • limpeza e análise dos componentes;
  • descarte e reposição dos itens descartados por novos;
  • remontagem da peça.

Cada etapa desse processo é importante, mas, com certeza, a análise dos componentes é crucial. Afinal, é preciso garantir que somente as peças que estão ruins sejam trocadas.

Ao longo deste post, você pôde entender melhor o que é remanufatura, as suas diferenças para as peças recondicionadas e as reparadas. Viu como reduzir custos na indústria sem perda de qualidade ficou ainda mais fácil?

Agora conta para gente: você já sabia dessas diferenças e já usa produtos remanufaturados no seu negócio? Deixe aqui o seu comentário.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 0 / 5. Nº de avaliações: 0

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados