Foto para ilustrar o artigo sobre previsão de demanda, nela há um homem e uma mulher conversando dentro de uma indústria. Podemos ver que o homem possui um protetor de ouvidos e a mulher, de descendência chinesa, utiliza óculos.

Veja de que forma fazer a previsão de demanda nas indústrias

Prever as demandas por produtos na indústria é essencial para qualquer segmento. Fatores como concorrência, crises econômicas e novas tecnologias contribuem diretamente no consumo de bens e serviços ao longo do ano.

Por esse motivo, é importante investir na previsão de demanda, para que se tenha uma visão geral das oscilações de mercado. Isto evita a falta ou excesso de itens no estoque.

Sendo assim, existem diversas tecnologias e metodologias que auxiliam as empresas a alcançar melhores índices de desempenho, para que haja um equilíbrio sustentável entre o nível de produção e os produtos estocados.

Quer saber mais sobre como realizar a previsão de demanda na indústria?

Confira nesse artigo que preparamos para você!

O que é previsão de demanda?

A previsão de demanda é a tentativa de antever certas variáveis que têm impacto direto na produção da empresa.

Mesmo se tratando de uma estimativa, ela não é baseada em simples especulações dos gestores, e sim na análise de indicativos e históricos da organização.

Portanto, o seu objetivo é entender como será a demanda dos produtos para que os administradores possam tomar decisões sobre:

  • Preço;
  • Potencial de mercado;
  • Aquisições;
  • Expansão.

Com essa previsão, é possível criar um plano de ação para as operações da empresa. Assim, os riscos que podem afetar as vendas e a competitividade são reduzidos.

Basicamente, o empreendimento deve prever o local, o tempo e a quantidade em que seus produtos serão solicitados pelo consumidor, atendendo às suas necessidades com maior eficiência e melhorando a produtividade na fabricação.

Algumas pessoas confundem a previsão de demanda com a previsão de vendas.

De forma resumida, a previsão de vendas realiza uma projeção que é baseada no histórico recente da empresa.

Já a previsão de demanda analisa as possibilidades de potencializar esses resultados e o crescimento do negócio, para atingir um público mais abrangente.

Além disso, a previsão de demanda apresenta os principais aspectos que podem ser melhorados no mercado que a empresa já atua, e fornece dados sobre outros mercados nos quais pretende operar.

Qual a importância da previsão de demanda?

A previsão de demanda permite que as indústrias se preparem além do momento atual, possibilitando:

  • Maior eficiência na alocação dos seus recursos;
  • Maiores vantagens em relação aos concorrentes;
  • Avaliação do seu próprio desempenho.

Veja abaixo outros benefícios:

Rastreamento de vendas

A previsão de demanda pode ser a base para a projeção de vendas, índice que recebe muita atenção das empresas por ser a fonte do fluxo de rendimento do negócio.

Por exemplo, uma loja que espera uma demanda maior que o normal de um determinado produto durante o verão, já sabe que precisa contratar mais funcionários nesse período.

Estratégia

As empresas que preveem a demanda para períodos futuros podem modificar suas estratégias, se diferenciando dos concorrentes. Tendo como exemplo um estabelecimento que monitora a demanda dos consumidores quanto aos preços, pode-se usar essas informações para ajustá-los.

Controle de custos

A previsão permite também que uma organização controle os seus custos de produção.

Assim, é possível fazer um pedido antecipado de matéria-prima e equipamento, aproveitando o preço mais favorável.

Como colocar a previsão de demanda em prática?

A previsão de demanda pode ser realizada de diversas maneiras.

Ela pode ser feita com intuito de analisar as demandas de certo produto, da empresa de forma geral ou até mesmo a partir de um segmento específico do mercado.

Independente do objetivo, é necessário seguir alguns passos para colocá-la em prática.

Veja os principais:

Especificação dos objetivos

Definir os objetivos da previsão é um ponto muito importante no processo.

Eles podem ser definidos para demandas em longo ou curto prazo, envolverem todo o mercado ou apenas um determinado segmento, buscarem a demanda por um produto em geral ou apenas pelo próprio produto fabricado pela empresa, entre outros aspectos.

Os objetivos precisam ser determinados antes que seja iniciada a previsão de demanda, para que seja dada a direção correta para a pesquisa.

Com base nos objetivos, é possível saber se a previsão será feita para um curto período ou para intervalos mais longos.

Ao prever a demanda em um prazo curto, podem ser considerados muitos fatores permanentes ou inconstantes.

Já para longo prazo, os determinantes das demandas mudam significativamente. Por isso, é indispensável definir a duração para qual a demanda deve ser feita na especificação dos objetivos.

Escolha do método

A partir da especificação dos objetivos e da definição da perspectiva do tempo, é possível selecionar o método para executar a previsão de demanda.

Existem inúmeros métodos para fazê-la, que podem ser agrupados em duas categorias principais:

  • Os métodos de pesquisa;
  • Os métodos estatísticos.

Os métodos de pesquisa são aqueles que levam em conta as opiniões e as impressões dos consumidores do produto. Além de consultas ao público-alvo.

Já os métodos estatísticos têm elementos mais refinados, como a projeção de tendência, modelos barométricos e econométricos.

Sendo assim, cada um dos métodos apresenta algumas diferenças entre si, principalmente na finalidade da previsão de demanda, nos tipos de dados necessários, na definição de prazos, na disponibilidade de informações, entre outros.

Portanto, cabe à empresa, fazer a seleção daquele que melhor se acomoda às suas necessidades.

Coleta de dados

Com a seleção do método, o próximo passo é a coleta de dados necessários, que podem ser divididos em primários e secundários.

Os dados primários são as informações que nunca foram coletadas anteriormente.

Os dados secundários, no entanto, são aqueles que já se encontram disponíveis.

Em muitos casos, os dados devem ser coletados e ajustados para construir informações consistentes.

Estimativa e interpretação de resultados

Depois de feita a coleta dos dados, é necessário estimar a demanda dentro do período pré definido.

Geralmente, as estimativas são apresentadas como equações e o resultado é apresentado da maneira mais simples possível. Isso permite que todos os colaboradores as utilizem com facilidade.

A previsão de demanda proporciona a realização de orçamentos adequados e consistentes, tornando a produção das indústrias mais econômica e eficiente.

Além disso, ela auxilia no controle financeiro, no relacionamento com clientes e na gestão dos estoques.

Agora que você já sabe o que é previsão de demanda e os benefícios que ela traz para a indústria, confira o que é e como realizar uma manutenção preditiva!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: / 5. Nº de avaliações:

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.