Benefícios da realidade virtual na indústria 4.0

Conheça 6 benefícios da realidade virtual na indústria 4.0!

A realidade virtual na indústria 4.0 é uma forma de deixar os processos mais eficientes. Quando a tecnologia trabalha como aliada nos desafios do dia a dia, torna-se mais simples evitar perdas operacionais. E não pense que isso é assunto apenas de empresas gigantes, a imersão no universo digital é urgente para manter a competitividade.

Os benefícios em utilizar a realidade virtual na indústria são muitos, como conseguir visualizar com mais clareza todos os processos, identificar as falhas com antecedência e cumprir as demandas dentro do prazo adequado. Isso demonstra como esse é um fator decisivo para gerar vantagem competitiva no ambiente industrial.

Quer saber mais sobre os benefícios da realidade virtual na indústria 4.0? Continue com a leitura.

1. Redução dos custos

Uma das principais vantagens de incluir a realidade virtual na indústria 4,0 é a redução de custos. Afinal de contas, o principal desafio das empresas está em conseguir manter a qualidade e a capacidade de produção ao eliminar alguns gastos.

Como todas as informações necessárias aos colaboradores ficam disponíveis de maneira digital, as instruções são repassadas com clareza e segurança. O resultado, aqui, é que existe a possibilidade de acompanhar minuciosamente todos os pontos fortes e fracos das operações e tomar medidas estratégicas.

Essa medida faz muita diferença no quanto de dinheiro é direcionado para cada função, na compra de insumos e em melhorias para evitar falhas. Sem contar que os gestores passam a ter o conhecimento necessário na hora de saber quais atividades precisam de automação e em quais pontos estão os desperdícios.

2. Aumento da produtividade e praticidade

A realidade virtual na indústria também é responsável pelo aumento da produtividade e da praticidade. Um bom exemplo disso está nos óculos de realidade aumentada que permitem identificar equipamentos e guiar uma inspeção de qualidade.

Caso seja localizado algum problema de funcionamento, o colaborador responsável pelo processo, rapidamente toma as medidas de resolução.

Dessa maneira, além de evitar perder prazos e interromper a produção por um longo período, fica mais simples se antecipar aos problemas recorrentes e focar as estratégias no que pode ocasionar atrasos.

Outro ponto que precisa ser destacado é o rápido acesso às informações do sistema de trabalho. Além de praticidade, esse tipo de recurso também é interessante por aumentar a produtividade e trazer autonomia a todos os setores. Como o processo se torna mais claro para todos, decisões básicas podem ser tomadas sem precisar consultar gestores e isso é um ganho excelente de tempo.

3. Integração entre equipes

A realidade virtual permite que o usuário seja integrado completamente ao universo virtual. Dentro desse cenário de indústria 4.0, isso se mostra indispensável porque todos os setores da empresa precisam trabalhar em conjunto para que aconteça a redução dos custos e o aumento da produtividade e da praticidade.

Com os dados guardados em nuvem em diferentes maneiras de acesso, o papel de todos os setores acontece de maneira integrada. Ou seja, é possível saber cada detalhe desde a primeira etapa com os insumos até os processos finais de logística, por exemplo.

Esses dados transmitidos em tempo real permitem um planejamento que visa minimizar erros ao máximo possível. A partir disso, cumprir os prazos com exatidão e potencializar a atuação dos colaboradores conforme as necessidades internas. Como a cereja do bolo, o funcionário bem informado sobre os próximos passos, ainda tem um reforço no sentimento de pertencimento em relação à empresa.

4. Precisão nas manutenções

As manutenções são fundamentais na indústria 4.0. Mesmo com toda a tecnologia envolvida, esse processo preserva as máquinas em pleno funcionamento, antecipa falhas, aumenta a vida útil dos equipamentos e permite calcular o orçamento da empresa de maneira realista.

Por esse motivo, a regularidade e a precisão nas manutenções deve ser prioridade quando o universo virtual passa a fazer parte das atividades de todo o ciclo. Aqui, os funcionários que atuam diretamente no chão de fábrica da indústria podem receber o auxílio remoto, instruções diretamente no display do dispositivo e resolver os problemas de maneira mais prática.

Uma das facilidades inclui o acesso virtual por meio de animações que mostram como é feita a substituição de uma peça ou os erros do equipamento conforme os sinais que ele apresenta e tempo de uso. Com isso, também existe o benefício de confirmar a disponibilidade da peça que precisa de substituição em estoque quando a integração dos setores é realizada.

5. Reforço da segurança no trabalho

A tecnologia é uma importante aliada da segurança no trabalho. Quando se trata da indústria 4.0, o próprio processo de operação tem como base principal o uso de ferramentas que preservem a segurança dos colaboradores e do processo como um todo.

O uso de realidade virtual permite verificar se os dispositivos estão sendo usados corretamente e se as normas de segurança, inclusive os acessórios, são respeitadas. O monitoramento remoto e em tempo real é essencial ainda para conferir a parte elétrica que também pode causar uma série de acidentes e garantir que qualquer sinal de anormalidade seja comunicado.

Outro ponto que merece destaque é que com o reforço da segurança acontece uma melhor gestão de risco por meio dos equipamentos de proteção individual (EPIs), dos treinamentos da área que podem ser direcionados conforme o histórico da empresa no manuseio de materiais perigosos e atuação em áreas operacionais profundas.

6. Treinamentos e capacitações

Na mesma linha do aumento da segurança na indústria, a realidade virtual contribuí muito para os treinamentos e capacitações. As simulações dos processos industriais e seus principais desafios podem ser feitas por meio da tecnologia e antes mesmo de realizar o trabalho com um equipamento específico, o colaborador consegue saber exatamente como ele funciona e se preparar adequadamente.

Com o auxílio de tablets, smartphones ou até mesmo óculos de realidade aumentada, a criação de conteúdo personalizado e direcionado torna o processo de imersão nas especificações técnicas e práticas da empresa mais eficiente. A capacidade de entender as peças e lidar com eventuais problemas antecipadamente, aumenta a inteligência emocional do time e traz resultados em engajamento.

Agora ficou claro quais são os benefícios da realidade virtual na indústria 4.0.

Uma outra forma interessante de usar essa tecnologia é montar um cronograma com as funções específicas de cada funcionário por processo, o tempo estimado e a cadência de execução. Dessa maneira, o gestor conhece cada vez mais os detalhes operacionais e usa a modernidade conforme os principais desafios.

Gostou das informações do artigo? Então, leia também sobre a importância das soft skills na indústria 4.0.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 0 / 5. Nº de avaliações: 0

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.