a retomada da confiança dos empresários na economia brasileira

A retomada da confiança dos empresários da indústria na economia brasileira

É um fato que a pandemia gerada pelo novo coronavírus (também conhecido como Covid-19) causou diversos impactos no mundo corporativo. Seu impacto nas indústrias causou um grande impacto na confiança dos empresários na economia brasileira.

Para você ter uma ideia, o surto provocou queda de 9,1% na produção industrial em todo o Brasil no mês de março, segundo a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com a pandemia, 76% do setor industrial reduziu a produção devido a queda na demanda por seus produtos.

Dessa forma, os segmentos industriais mais afetados foram o automobilístico, petróleo, de biocombustíveis e o químico, responsável pela fabricação de resina epóxi, por exemplo. Todos eles tiveram que mudar as suas estratégias para se adaptarem à nova realidade.

No entanto, após meses de pandemia e de resultados negativos, uma nova pesquisa realizada pelo Confederação Nacional da Indústria (CNI), em agosto, registrou um aumento da confiança de forma disseminada dos empresários industriais.

Quer saber mais sobre a retomada da confiança dos empresários da indústria na economia brasileira? Então não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

Confiança do empresário industrial aumenta

O relatório mais recente, apresentado em 14 de setembro, apontou um aumento de 4,6 pontos percentuais no Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) em relação a agosto, chegando a 61,6 pontos.

“O clima de otimismo está mais elevado e disseminado entre os empresários da indústria brasileira. Com o aumento da confiança, a indústria deve voltar a contratar trabalhadores e a investir, estimulando o processo de retomada da economia”, destaca o relatório técnico do estudo.

Leia o relatório do ICEI na íntegra.

A média histórica do ICEI é de 53,4 pontos. Essa metodologia leva em consideração um intervalo entre 0 a 100, sendo que todos os valores que estão acima de 50, significam mais confiança do empresário em relação ao setor industrial.

Mesmo com a atmosfera de otimismo, as indústrias precisam estar atentas. Uma empresa fabricante de deck de madeira por exemplo, que sofreu pelos impactos da pandemia precisa ter cautela e atenção aos seus investimentos futuros.

Neste cenário, a contabilidade merece atenção especial para assegurar a saúde financeira da indústria. Leia nosso artigo com dicas para a retomada de negócios na pandemia.

Setores industriais voltam a crescer na pandemia

Apesar de muitos segmentos industriais terem siso impactados negativamente, na contramão, há setores que cresceram fortemente.

A indústria de álcool em gel, de itens de higiene e limpeza são grandes exemplos de crescimento em tempos de crise, resultado do aumento de demanda por esses produtos.

Além disso, a produção industrial no geral (incluindo todos os tipos de atividades, como a produção de móveis, adesivos para parede, entre outros), cresceu 8% em julho, na comparação com junho, de acordo com o IBGE.

A tendência é que os empresários da indústria ganhem ainda mais confiança no momento pós pandemia, com a elaboração de estratégias segmentadas para se destacar e recuperar-se da crise.

Bom, agora que você já sabe sobre a retomada da confiança dos empresários industriais, o que acha que irá acontecer nos próximos meses? Conta pra gente!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 1

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.