tipos de industria - Acoplast

Tipos de indústria: quais requerem elementos de transmissão com alta performance?

Em uma sociedade com uma série de demandas distintas, é natural que existam diferentes tipos de indústria, cada uma delas voltada para uma área de atuação. Nesse contexto, é válido ressaltar que cada indústria tem suas necessidades próprias, de modo que os itens necessários para sua operação tendem a variar bastante.

Dentre esses itens, os elementos de transmissão são um bom exemplo. Em resumo, qualquer aplicação que precise fazer a transferência de potência, energia e movimento a outros sistemas e elementos que compõem a máquina, necessita de elementos de transmissão.

No entanto, alguns modelos de negócio altamente produtivos exigem mais de suas máquinas e equipamentos industriais, o que torna as peças de alta performance indispensáveis.

Você gostaria de compreender melhor este tema e verificar se de fato a sua indústria tem operado com os dispositivos mais adequados?

Leia o artigo e tenha acesso a esse conhecimento!

O que são elementos de transmissão de alta performance?

Antes de nos aprofundarmos a respeito dos tipos de indústria que precisam de elementos de transmissão de alta performance, é necessário compreender o que são essas peças e porque elas são fundamentais para a operação de fábricas, independentemente de seu porte, ou área de atuação.

Os elementos de transmissão devem trabalhar em conjunto para criar um sistema capaz de transmitir a energia mecânica, produzida por um motor ou por um gerador, para outras peças, de modo que elas se movimentam, colocando máquinas e dispositivos em operação.

Como foi citado no início do artigo, porém, alguns tipos de indústria colocam suas máquinas e equipamentos em situações extremas, o que exige que seus componentes sejam mais resistentes e eficientes.

Esses elementos de transmissão otimizados, que tem a capacidade de aguentar situações extremas, são tidos como de alta performance. Eles foram projetados para superar situações como:

  • torque elevado;
  • longas jornadas de operação;
  • impactos;
  • exposição a elementos químicos;
  • vibrações;
  • altas temperaturas;

Quais os principais tipos desses elementos?

Um sistema de transmissão eficiente é composto por diversos elementos indispensáveis. Continue a leitura e conheça cada um deles!

Engrenagem

engrenagem pode ser descrita como um tipo de roda dentada. Este elemento de transmissão foi desenvolvido para trabalhar em conjunto com outras engrenagens, permitindo assim que o torque, produzido pelo motor, seja transmitido para os demais componentes.

Acoplamento

O acoplamento pode ser descrito como um conjunto de peças mecânicas elaborado com a finalidade de manter a ligação entre diferentes partes de um sistema de transmissão, como os motores e os eixos responsáveis pelo funcionamento de uma máquina.

Para realizar suas tarefas de uma forma bem-sucedida, o elemento precisa ser capaz de evitar fatores negativos, como vibrações, ao mesmo tempo em que transmite o torque.

Motorredutores

Os motorredutores são dispositivos desenvolvidos com a finalidade de reduzir a velocidade de um eixo — para que ela se mantenha num nível adequado — em que não cause danos às demais peças e componentes.

O equipamento é composto por um motor elétrico que trabalha em conjunto com uma engrenagem de redução.

Correias

As correias podem ser descritas como uma espécie de conector, responsável por ligar peças como engrenagens e por permitir que elas trabalhem no mesmo ritmo e velocidade, ou seja, ela mantém o equilíbrio entre as peças. Vale lembrar que esse elemento também pode ser usado como um transmissor de força e até mesmo no transporte de cargas, como uma esteira.

Correntes

As correntes são indispensáveis para a operação de determinados sistemas, principalmente daqueles que exigem o uso de eixos.

Para exercer sua função, a corrente precisa ser conectada a duas engrenagens, uma vez que uma delas recebe o torque e começa a girar, motriz, esse movimento é transmitido para a outra por meio da corrente que as conecta.

Cabos de aço

Não é novidade que muitas operações precisam lidar com tarefas como erguer cargas pesadas. Os cabos de aço são utilizados para aguentar esse peso, isso em conjunto com guindastes e elevadores de carga.

Polias

As polias são peças metálicas circulares. Elas são desenvolvidas com o objetivo de serem conectadas aos eixos motores, o que lhes permite receber a energia mecânica, produzida por eles, e transmiti-la de forma mais eficaz aos demais componentes, como as correias.

Eixo

Via de regra, um eixo pode ser descrito como uma espécie de barra metálica conectada ao motor. Quando o motor entra em operação, sua energia é transmitida para o eixo, o que faz com que ele comece a girar e envie esse movimento para os demais componentes do sistema de transmissão.

Rolamentos

Os rolamentos, por sua vez, podem ser descritos como um dispositivo criado para apoiar os movimentos dos demais elementos do sistema e suportar cargas.

Redutor

redutor é um elemento de transmissão com a capacidade de controlar o torque da máquina, permitindo que seus componentes operem em uma velocidade adequada, evitando assim problemas como falhas e avarias.

Quais tipos de indústria fazem uso de elementos de transmissão com alta performance?

Como foi citado neste artigo, elementos de transmissão de alta performance são usados por indústrias que costumam operar seus maquinários em condições extremas. Continue a leitura e verifique alguns exemplos mais comuns!

Indústria química

O termo indústria química pode ser usado para definir uma série de empreendimentos que utilizam elementos e reações químicas em sua operação diária, como indústrias farmacêuticas e petroquímicas. Graças a natureza nociva de muitos dos compostos utilizados, os elementos de transmissão mecânica precisam ser resistentes a eles.

Indústria metalúrgica

A indústria metalúrgica, por sua vez, realiza atividades relacionadas tanto a extração de metais quanto a sua transformação em materiais úteis para a construção e para a fabricação de produtos.

Graças a essas características, ela expõe seu maquinário a pesadas atividades no processo de extração do metal, e a altas temperaturas em sua fundição, o que exige elementos de alta performance.

 Indústria alimentícia

Para desempenhar atividades de produção e processamento de alimentos, a indústria alimentícia a utilização de fornos, processadores, esteiras transportadoras e centrífugas se fazem necessários.

É importante ressaltar que, para atender a ampla demanda, esse tipo de indústria precisa que seu maquinário opere por longos períodos sem a incidência de falhas ou paralisações, o que só é possível graças aos elementos de transmissão com alta performance, que são projetados para suportar essa carga de trabalho.

Indústria automotiva

Esse modelo de indústria costuma operar linhas de montagem altamente eficientes, em que um elevado número de veículos é produzido diariamente. Essa eficiência é possível graças aos avançados equipamentos que a indústria tem a sua disposição, como robôs e esteiras.

Os elementos de transmissão com alta performance são projetados para fornecer a potência necessária para que esses equipamentos operem com o mínimo de choques e vibrações, o que os torna mais precisos e aumenta sua durabilidade.

Indústria de papel e celulose

Assim como ocorre com a indústria química, a indústria de papel e celulose precisa lidar com processos químicos, o que torna elementos de transmissões mais resistentes a eles necessários.

Além disso, uma vez que essa indústria atua transformando sua matéria prima e essa tarefa é complexa, os componentes de tais maquinários, como seus elementos de transmissão, ter elevados índices de resistência e eficiência.

Indústria de cimento

A produção do cimento é um processo complexo, que exige equipamentos especializados. O processo já começa com a mineração do calcário, que exige máquinas especializadas na extração do material, como escavadeiras, e esteiras capazes de transportá-lo.

Depois disso, o calcário precisa passar por um moinho, ser levado a um forno que eleva sua temperatura a altos níveis, ser resfriado e, por fim, passar pelo moinho mais uma vez antes de ser enviado ao silo, onde será armazenado.

Para executar todas essas tarefas, os equipamentos industriais devem ser compostos por componentes de alta performance, resistentes e eficientes o bastante para que a produção ocorra de forma adequada.

Indústria de mineração

A indústria de mineração atua extraindo recursos minerais do solo, o que pode ser feito a céu aberto, quando o material de interesse está próximo da superfície, por meio da elaboração de túneis, quando ele se encontra a muitos metros de profundidade.

Para escavar o solo de forma eficiente, retirar os minérios e transportá-los, essa indústria precisa de um maquinário potente e durável o suficiente para continuar operando em condições a adversas. O que só é possível se seus elementos de transmissão e demais componentes forem de alta performance.

Concluindo

Por fim, é válido ressaltar que, embora as indústrias citadas sejam ótimos exemplos de negócios que exigem peças com elevados níveis de resistência e eficiência, qualquer empreendimento que tenha uma operação mais exigente pode se beneficiar de elementos de transmissão de alta performance.

Por esse motivo, fornecedores industriais competentes são parceiros perfeitos para que esse objetivo seja alcançado.

Agora que você entende quais tipos de indústria podem se beneficiar com elementos de transmissão com alta performance, você gostaria de ter acesso a peças e componentes de alta qualidade?

Entre em contato conosco e descubra as soluções da Acoplast Brasil!

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 3

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.