5 vantagens e 3 desvantagens da indústria 4.0

5 vantagens e 3 desvantagens da indústria 4.0

A Indústria 4.0 está redefinindo o panorama industrial ao integrar tecnologias avançadas, como a Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial (IA) e automação. Essa transformação oferece inúmeras vantagens, como maior eficiência, personalização em massa e tomada de decisões baseada em dados. No entanto, também apresenta desafios significativos que as empresas precisam enfrentar para colher todos os benefícios. 

As vantagens da Indústria 4.0 incluem a otimização de processos, redução de custos operacionais e aumento da produtividade. Tecnologias avançadas permitem monitorar e ajustar operações em tempo real, melhorando a precisão e a eficiência. Porém, as desvantagens, como os altos custos de implementação, a necessidade de qualificação da força de trabalho e os riscos de segurança cibernética, não podem ser ignoradas. Um controle de qualidade robusto ajuda a mitigar esses riscos, assegurando que todas as inovações tecnológicas sejam implementadas de maneira segura e eficaz.

Quer entender melhor as vantagens e desvantagens da Indústria 4.0 e como preparar sua empresa para essa nova era? Continue a leitura e descubra estratégias práticas para maximizar os benefícios enquanto minimiza os desafios.

Além disso, visite o blog da Acoplast Brasil e confira nosso artigo sobre controle de qualidade industrial para obter insights valiosos que podem ajudar sua empresa a prosperar na era digital.

Mas, afinal, o que é a indústria 4.0?

A indústria 4.0 é um conceito que engloba diferentes tecnologias, como impressão 3D, Inteligência Artificial, robótica, Internet das Coisas, computação em nuvem, entre outras.

Essas tecnologias estão sendo utilizadas, de forma integrada ou isoladamente, para melhorar diversos setores e possibilitar avanços que até então eram limitados.

Um bom exemplo dessa aplicação é na indústria de fabricação de componentes. A tecnologia de impressão 3D vem sendo aplicada para produzir peças, protótipos e ferramentas com baixíssimo custo e alta velocidade de produção se comparado a outros métodos, além de uma enorme facilidade em criar peças mais complexas.

A Internet das Coisas (IoT) também tem agregado bastante valor nos processos industriais, criando uma conexão entre os equipamentos e permitindo maior controle do processo, melhor conhecimento do desempenho de cada maquinário, planejamento mais eficaz, ações sendo aplicadas com maior rapidez, entre outros benefícios.

Portanto, a indústria 4.0, ou quarta revolução industrial, como também é chamada, está intrinsecamente ligada à tecnologia, agregando diferentes avanços para promover benefícios.

Quais são as 5 principais vantagens da indústria 4.0?

Agora que você já sabe o que é a indústria 4.0, vamos pensar sobre quais são esses benefícios que mencionamos.

1. Maior segurança

Quando falamos em indústria, principalmente indústria pesada, com grandes maquinários, inevitavelmente precisamos pensar no risco à segurança dos operadores e envolvidos. Afinal, a segurança de todos deve ser a prioridade número um em qualquer fábrica.

A indústria 4.0 é capaz de ajudar bastante a reduzir os números de acidentes nas fábricas. Por exemplo, já há plantas industriais com instalação de vários sensores, interligados, capazes de fazer a interrupção de uma máquina se há alguma movimentação que pode levar a um acidente. Essa automação visa diminuir o risco humano e pode ser um grande aliado em promover uma maior segurança nas empresas.

2. Melhor processamento de dados

Outra grande vantagem da indústria 4.0 é o melhor processamento de dados. Aliás, muitas pessoas dizem que estamos vivendo a era dos dados e, realmente, nunca antes na história, nos preocupamos tanto com a obtenção e análise de dados.

Essas informações servem para diversas finalidades. Em um caso de diferença de produtividade em duas máquinas similares, por exemplo, a obtenção e análise de dados de desempenho dos equipamentos vai ajudar os técnicos e engenheiros a encontrarem o problema e solucionarem.

No âmbito comercial, os dados também têm grande relevância. Os sites, hoje em dia, fazem a captação dos dados de comportamento dos usuários para que, junto à Inteligência Artificial, consigam criar ações mais precisas, personalizando o ambiente virtual de acordo com a necessidade.

3. Maior rastreabilidade

Nossa terceira vantagem está relacionada ao item anterior. Com mais dados, a indústria ganha muito em rastreabilidade. Com um bom sistema, coletando e armazenando as informações em nuvem, um gestor que está a milhares de quilômetros de uma fábrica pode saber, em poucos instantes, qual a composição de um produto feito por ela, lotes das matérias-primas, datas, entre outras informações relevantes.

A maior rastreabilidade ajuda a contornar problemas possíveis, tudo isso em menor tempo.

4. Melhor produtividade

Nossa quarta vantagem da indústria 4.0 é um ponto muito importante: essas tecnologias que estão sendo aplicadas promovem um ganho enorme em produtividade!

Qualquer tecnologia que queira se destacar precisa entregar agilidade, facilitar processos e tornar mais rápido todo o processo envolvido. Na indústria, esse ganho de produtividade pode ser alcançado em diferentes formas, como nos exemplos que demos anteriormente, de impressão 3D e IoT.

5. Ajuda na tomada de decisões

Por fim, com a maior integração das tecnologias e obtenção dos dados com alta velocidade, os gestores terão maior assertividade nas tomadas de decisões. Afinal, cada vez mais essas decisões são tomadas em cima de resultados concretos e dados que mostram a realidade — e não mais achismo.

Quais são as 3 desvantagens que ela pode trazer?

Mas será que a indústria 4.0 só tem vantagens? Infelizmente não. Então, agora vejamos quais são os pontos negativos.

1. Desemprego

O primeiro ponto negativo da indústria 4.0 é que ela pode provocar um aumento na taxa de desemprego. Isso porque a tecnologia tende a alterar as atividades de trabalho, automatizando operações manuais e criando relatórios por meio de sistemas.

Porém, vale um ponto de ressalva que, apesar da tecnologia substituir alguns pontos de trabalho, ela também vai criar novos espaços. Afinal, com o aumento do uso da robótica, por exemplo, profissionais que sabem programar e construir esses equipamentos serão buscados em maior quantidade, além de serem mais valorizados.

2. Falta de mão de obra qualificada

Um outro problema que pode ser criado por essa revolução industrial é a falta de mão de obra qualificada. No item anterior, falamos sobre os profissionais da área de robótica, mas isso pode se estender em cada uma das novas tecnologias.

Por exemplo, não é comum encontrar profissionais técnicos em manutenção de impressoras 3D. Então, as escolas formadoras precisam acompanhar essas mudanças e preparar o mercado de trabalho para que os profissionais consigam atender as necessidades criadas.

3. Ciberataques

Por fim, não podemos deixar de citar os ciberataques. Infelizmente, com o uso tão forte da internet, armazenamento de dados em nuvem e integração entre sistemas, pessoas mal-intencionadas veem a oportunidade de hackear os acessos e buscar controle ou obtenção de dados. Até por isso um novo investimento necessário pelas empresas é na segurança de informações.

Como vimos, a indústria 4.0 já está presente no nosso dia a dia e alterou muitos processos, empresas e nossas tarefas cotidianas. Os benefícios trazidos por essas mudanças são vários, mas também há pontos negativos que precisam sempre receber atenção.

E então, gostou do nosso conteúdo sobre as vantagens e desvantagens da indústria 4.0? Aproveite para nos seguir nas redes sociais e ficar por dentro das novidades! Estamos no Facebook e LinkedIn.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 5 / 5. Nº de avaliações: 8

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados