Visão sistêmica na gestão: entenda sua importância e como aplicá-la

Na gestão industrial, é fundamental que as lideranças tenham a habilidade de visão sistêmica desenvolvida. Ela é crucial para tomadas de decisões mais inteligentes e para potencializar os resultados do negócio.

A falta de visão sistêmica induz gestores a decisões equivocadas, pautadas no que chamamos de microgerenciamento. Essa postura gera perdas financeiras para a empresa e impacta o potencial de performance dela.

Neste artigo, você vai aprender a seguir o que é a visão sistêmica na gestão e como colocar esse mindset em prática na sua operação. Vamos lá?

Além disso, a implementação eficaz de uma visão sistêmica está intimamente ligada à gestão de qualidade. Para garantir que suas operações não apenas sejam eficientes, mas também mantenham altos padrões de qualidade, confira nosso artigo sobre “Guia rápido para fazer o controle de qualidade industrial”. Ele oferece insights valiosos sobre como alinhar a visão sistêmica com as melhores práticas de qualidade.

Afinal, o que significa visão sistêmica na gestão?

A visão sistêmica na gestão operacional corresponde ao conjunto de boas práticas, estudos e decisões, em prol do objetivo final do negócio. Ela considera a maneira como cada área se relaciona e impacta o resultado final da empresa.

É o oposto do famoso e famigerado microgerenciamento. O microgerenciamento acontece de diversas maneiras, desde a um gestor que monitora atividade por atividade de cada colaborador em vez de focar no resultado ou, em casos mais graves, tomadas de decisões para melhorar uma meta da área esquecendo de todo o ecossistema organizacional.

Ambos os cenários são muito comuns em qualquer tipo de empresa. O primeiro exemplo pode resultar em processos trabalhistas por assédio moral, enquanto o segundo caso gera perdas diretas e em cascata para a sua operação.

Infelizmente, há gestores que realizam a microgestão de maneira intencional para camuflar resultados. Na prática, ela acontece quando uma métrica de uma área é melhorada por uma decisão que sacrifica outras métricas dependentes, sejam de áreas pares ou clientes.

Portanto, há uma melhora localizada, mas uma perda de resultado das métricas gerais e de extrema importância para o desempenho sustentável do negócio.

Quais são os seus principais benefícios?

Primeiramente, é importante entender o conceito desse conjunto de práticas para conseguir otimizar o potencial de desempenho da sua empresa. A governança corporativa deve ter profissionais capacitados para direcionar a empresa e as suas principais tomadas de decisões pautadas em visão sistêmica, quase holística, da operação.

Desenvolver a habilidade de visão sistêmica dos líderes e colaboradores é essencial para que a sua indústria consiga, de fato, exercer a melhoria contínua de maneira inteligente e sustentável.

Entre as principais vantagens da visão sistêmica, temos:

  • desempenho sustentável da operação;
  • redução de custos operacionais;
  • otimização de resultados em cascata;
  • aproximação entre áreas;
  • fomento do trabalho em equipe.

Como implementá-la na gestão?

Assim como a cultura Data Driven (orientada por dados), a visão sistêmica na gestão deve fazer parte da cultura corporativa da sua indústria. Nesse sentido, é fundamental consolidar uma estrutura que fortaleça essa habilidade e crie o ambiente ideal para o seu aprimoramento.

Pensando nisso, elegemos e listamos a seguir algumas boas práticas e aspectos que a gestão deve ter atenção para construi-la no dia a dia:

  • análise de inovação;
  • criação de objetivos;
  • diagnóstico organizacional;
  • revisão e adequação das metas;
  • ações para integração entre líderes e equipes;
  • treinamentos para desenvolvimento da visão sistêmica;
  • reconhecimento das boas práticas como modelo e inspiração para os colaboradores.

Então, você percebeu como a visão sistêmica é crucial para o sucesso da operação da sua indústria? Invista nessa habilidade, busque aprimorá-la e pratique o feedback contínuo com a equipe para que possam entender como melhorá-la no dia a dia.

Agora, conta para a gente: quais são as suas dificuldades na rotina operacional quando o assunto é visão sistêmica na gestão? Compartilhe as suas experiências e percepções no nosso LinkedIn.

Avalie e classifique este artigo.

Nota média: 0 / 5. Nº de avaliações: 0

Compartilhe este artigo!

Quer receber conteúdos como esses gratuitamente?

Preencha o formulário e cadastre-se para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.